Sindicato lança Revista 38 DIAS sobre a vitória contra o Pacote de Maldades

A greve do início do ano nos deu forças para seguir as lutas em defesa do serviço público na nossa cidade e país. A saga, com duração de mais de um mês, exigiu esforços redobrados das servidoras e servidores para fazer valer seus direitos e de toda a população que merece atendimentos e cuidados de qualidade. Com unidade e determinação, o Pacote de Maldades foi colocado abaixo!

A equipe de comunicação do sindicato, na direção de Ana Claudia, trabalhou em uma publicação impressa, em registro do episódio que faz parte da história guerreira dos municipários e municipárias. Todos os embates travados carregam consigo os anos de organização e mobilização da categoria.

O prefeito esqueceu da força dos servidores. Nas ruas, defendendo nossos direitos, vamos relembrá-lo!

Se a histórica greve de 38 dias e 90% de adesão dos servidores municipais no início de 2017 provou algo, foi a força dos trabalhadores de Florianópolis e sua disposição em lutar por uma cidade melhor, mais justa e com um serviço público de qualidade para toda a população. O prefeito Gean Loureiro (PMDB), no entanto, parece esquecer disto e agora, na data-base, quer empurrar goela abaixo absurdos como um reajuste de 0,01% - um desrespeito aos servidores e servidoras da cidade, um deboche frente à categoria e o povo -, proposta que foi retirada e substituída por absolutamente nada!

Esquecer, aliás, é especialidade do prefeito: ele esqueceu da mobilização gigantesca que foi vista em Florianópolis e derrotou seu pacote de maldades na Câmara Municipal. Gean também esqueceu de suas promessas de campanha, como valorizar o serviço público e não desperdiçar dinheiro público: eleito, nomeia um número cada vez maior de comissionados, tenta precarizar o serviço público e segue com o projeto privatista de entregar tudo, em contratos gordos, para os empresários parceiros. Não se trata, claro, de esquecimento: priorizar o privado em detrimento do público e da população sempre foi a proposta de Gean Loureiro!

Memória Sintrasem

Trabalhadores e trabalhadoras da Comcap coletando o lixo, limpando a cidade, cuidando para que tenhamos saúde pública e bem-estar e, ainda por cima, lutando por melhores condições de trabalho e existência. Veja esta imagem com ato na data-base de 2003! 

Dia do gari

Homenagem ao dia dos garis! Parabéns a todos trabalhadores que se empenham pela limpeza e saúde pública de Florianópolis, realizando as coletas nos locais de mais difícil acesso, sempre com qualidade.

Data-Base 2017: Relato da Mesa de Negociação: Cláusulas Financeiras

Dia 12 de maio de 2017 ocorreu a quarta mesa de negociação entre a comissão dos trabalhadores e o executivo. Nessa mesa foram discutidas as cláusulas da previdência, condições de trabalho, segurança e saúde do trabalhador, concurso público e as cláusulas financeiras.

Quanto à previdência, a política de parcelamento da parte patronal vai continuar por parte do município, causando cada vez mais prejuízos ao nosso fundo de previdência. O executivo também está estudando a implementação de um fundo de previdência complementar. A curto prazo não haverá nenhuma mudança para melhor nas condições de trabalho, segurança e saúde do trabalhador, pelo contrário, com a política de austeridade da prefeitura, elas devem ficar cada vez piores. A PMF também mostrou que não tem nenhum interesse em aumentar seu quadro de pessoal, precarizando cada vez os serviços prestados à população.

Data-Base 2017: Valorizar e respeitar os servidores e servidoras, com carreiras e salários dignos!

Durante o ano todo, servidores e servidoras municipais trabalham incansavelmente, atendendo a população e fazendo a cidade funcionar. O esforço, atrapalhado pelos cortes e precarizações executados pela Prefeitura, é grande e reconhecido pelo povo florianopolitano, que valoriza o serviço público e seus valorosos trabalhadores e trabalhadoras. O mesmo, no entanto, não pode ser dito dos prefeitos que governam para os ricos: preocupados apenas com o lucro dos empresários parceiros, não ligam para a população e suas necessidades, focados em privatizar e entregar tudo que é público para o privado.

É fundamental valorizar o serviço público e seu maior capital: os trabalhadores e trabalhadoras! Sem os servidores e servidoras, não tem aula, atendimento em saúde, obras municipais, asfalto, assistência social e tantas outras áreas com muita gente esforçada para manter a cidade funcionando e a população servida. Uma das questões básicas da valorização é a de remuneração e carreira, tão negligenciadas por gestões como a de Gean Loureiro (PMDB) e César Souza Júnior (PSD).

 

Memória Sintrasem

Apresentação do Estatuto e Plano de Cargos e Carreiras na Câmara Municipal de Florianópolis no dia 4 de agosto de 1998. No momento do registro servidores e servidoras municipais realizavam protesto. A luta continua!

Dirigente do Sintrasem fala sobre o eixo da data-base: manutenção e ampliação dos direitos

O dirigente do Sintrasem Carlos Eduardo Corrêa fala sobre o eixo Manutenção e Ampliação dos Direitos na pauta da data-base PMF 2017. Mesmo com um período de difíceis ataques em nível local e nacional, os métodos de embate do sindicato com a unidade e mobilização da categoria vão trazer resultados positivos para as trabalhadoras e trabalhadores. 

O vídeo contém interpretação em Libras.

Data-Base 2017: Relato da Mesa de Negociação - Saúde e Assistência Social

Dia 10 de maio de 2017 ocorreu a terceira mesa de negociação entre a comissão dos trabalhadores e o Executivo. Nessa mesa foram discutidas as cláusulas da Assistência Social e Saúde, com a presença da secretária de Assistência e o secretário adjunto e uma funcionária do RH da Saúde - e o secretário de Saúde demonstrou que a prioridade dele não é o(a) servidor(a).

Outra vez, varias questões esbarraram na questão financeira, onde a posição da PMF é de nenhum avanço nas cláusulas que envolvem dinheiro. Inclusive, deixando bem claro que o executivo não está disposto a conceder nem o reajuste da inflação do período. Por isso reafirmamos, toda a força na mobilização nos locais de trabalho. Todos os trabalhadores precisam se inteirar da pauta de reivindicações. Só assim conseguiremos ter uma data-base vitoriosa. Juntos somos mais fortes!

AGENDA

segunda-feira, Junho 5, 2017 - 14:00
Local: Auditório Rosa Luxemburgo - Sintrasem
Palestra com Roberto Ruiz sobre condições de saúde na aposentadoria.

quarta-feira, Maio 24, 2017 - 16:00
Local: Largo da Alfândega
Ato NENHUM DIREITO A MENOS, EM DEFESA DOS DIREITOS E CONTRA AS "REFORMAS" DE TEMER! - 16h aulão sobre Dívida Pública - Concentração para o ato às 17h

quarta-feira, Maio 24, 2017 - 13:30
Local: Praça Tancredo Neves - Centro
Em pauta: informes; análise de conjuntura; avaliação da contraproposta do executivo à pauta data-base PMF 2017; eleição de delegados para o 1° Congresso Extraordinário da CUT SC e encaminhamentos.

Pauta Data-Base PMF 2017

Acordo da greve contra pacote de maldades

SINDICALIZE-SE!

Acordos coletivos de trabalho

PMF
COMCAP

Boletins Eletrônicos

Selecionar o(s) boletim(s) que você deseja assinar ou cancelar a assinatura.

                 

CUT