Você está aqui

Início

Nova assembleia com participação massiva da categoria em greve

Sintrasem
sexta-feira, Fevereiro 10, 2017 - 20:15

Hoje (10/2) mais uma vez reunimos milhares de pessoas na Praça Tancredo Neves para avaliarmos o  movimento grevista das servidoras e dos servidores municipais. Nos últimos dias não tivemos novidades nas negociações com a prefeitura portanto a continuidade da greve foi deliberada por unanimidade.

Estamos tentando travar um diálogo com o executivo desde o início do movimento. Gean Loureiro (PMDB) impôs um Pacote de Medidas repleto de irregularidades com ataques diretos ao serviço público municipal, aprovado em cinco dias na Câmara Municipal, sem audiências públicas, em um trâmite apressado e ilegal. O prefeito se recusou a conversar com a gente repetidamente, nossas mesas foram sempre com seus representantes nunca dispostos a revogar as leis do pacote para então discutir realmente com a sociedade antes de levá-las a votação. Queremos ter acesso aos balancetes da prefeitura, que deveriam ser públicos pela Lei de Transparência, e saber qual o rombo nos cofres e por quem foi causado.

Ontem (9/2) final da tarde, a Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina nos convocou para uma reunião com o executivo na manhã de hoje. No mesmo dia, Gean afirmou que não iria participar do encontro - fato inclusive noticiado pela imprensa. O sindicato também resolveu que não participaria. Entendemos que o diálogo deve ser feito diretamente com o prefeito, sem intermediação da OAB ou de outra entidade. Hoje pela manhã o prefeito foi para a OAB mesmo sabendo que não iríamos, postou um vídeo em seu facebook e não nos encontrou em seu gabinete, onde os esperamos junto a uma comissão de vereadores e outros representantes do executivo. Foi acertado nesse início de negociação uma nova mesa para às 17h. Os desdobramentos da negociação serão informados pelos participantes da mesa ainda hoje em nossas redes sociais.

Foi encaminhado hoje pela categoria uma nova assembleia na segunda-feira (13/2) em frente a Câmara Municipal, dia em que parlamentares retornam às atividades e ato unificado com movimentos sociais e sindicais do estado com participação de representantes de entidades nacionais na quinta-feira (16/2).

O pedido de prisão da diretoria e de interferência no sindicato foi suspenso pela desembargadora ainda ontem. Esta certamente é uma vitória política da nossa greve que está muito forte com a resistência da categoria, que a cada dia recebe mais apoio de pessoas e entidades de todo o Brasil e até de outros países.

Importantes entidades e movimentos no Brasil se pronunciaram condenando a tentativa de criminalização dos dirigentes sindicais. Recebemos mensagens do MST, da CONFETAM, da CNQ-CUT, da CUT-SC, do Sindicato dos Petroleiros do RJ, da APP Curitiba Norte, do SINTE-SC, do SINSEJ (Joinville), da Fábrica Ocupada Flaskô, da Ocupação Vila Soma (Sumaré), da Associação de Moradores do Adhemar Garcia (Joinville), do DCE do IELUSC. Além de diretores do Sindicato dos Ferroviários da Bahia, do Sindicato dos Ferroviários de Bauru e MS, do Sindicato dos Vidreiros de SP, da Federação Nacional dos Petroleiros, PCB, Partido Obreiro da Argentina, CSP Conlutas, CTB, entre outros.

Seguimos com força no nosso movimento, dialogando com a população, em nossos atos nas comunidades sobre os terríveis impactos do Pacote de Medidas de Gean. Até a vitória!

AGENDA

terça-feira, Outubro 24, 2017 - 18:30
Local: Auditório Rosa Luxemburgo - Sede do Sintrasem
quinta-feira, Outubro 19, 2017 - 13:00
Local: Praça Tancredo Neves
Pautas: Informes; Avaliação de conjuntura: código 04, sucateamento dos erviço público, previdência; Encaminhamentos: indicativo de greve.

quinta-feira, Outubro 19, 2017 - 07:00
Local: Auditório Rosa Luxemburgo - Sede do Sintrasem
Pauta: Informes; aprovação da pauta data-base; encaminhamento.

Acordo Coletivo PMF 2017

SINDICALIZE-SE!

Acordos coletivos de trabalho

PMF
COMCAP

Boletins Eletrônicos

Selecionar o(s) boletim(s) que você deseja assinar ou cancelar a assinatura.