Você está aqui

Início

Prefeitura irá terceirizar até médicos das UPAs para a temporada de verão

Sintrasem
terça-feira, Novembro 28, 2017 - 19:30

Seguindo à risca as cartilhas da Reforma Trabalhista e da Lei da Terceirização, a Prefeitura de Florianópolis publicou nesta segunda-feira (27) a chamada pública para contratar empresas terceirizadas que forneçam médicos para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Norte e Sul durante a temporada de verão. De acordo com o edital da licitação 011/2017, os profissionais irão atender crianças e adultos, devendo estar "familiarizados com procedimentos cirúrgicos (suturas, drenagens, etc)". A prefeitura alega que o aumento no número de turistas justificaria a contratação de terceirizados.A prefeitura de Florianópolis a cada ano que passa tem investido menos na saúde municipal. Neste ano apenas 12% da Lei Orçamentária Anual foi gasto com saúde, quando o estabelecido é 19%.

Com um salário baixíssimo, este tipo de contratação vai gerar um alto índice de rotatividade e fará com que a qualidade nos serviços oferecidos à população diminua. O quadro de trabalhadores na saúde é deficitário, portanto é dever da prefeitura chamar os aprovados em concurso público e abrir novos concursos para garantir equipes completas. Um exemplo concreto é a cobertura de saúde da família que já foi de 100% e hoje cobre 90%, o que gera uma sobrecarga nos serviços de urgência e emergência das UPAs.
A chamada está publicada no Diário Oficial do município do dia 27 de novembro e segue aberta até 12 de dezembro. Está autorizada a participação de qualquer empresa que disponha de pelo menos cinco médicos em seu corpo de funcionários.

Reforma permite terceirizar qualquer função
A chamada Lei da Terceirização, sancionada por Michel 3% Temer (PMDB) em março deste ano, permite terceirizar não apenas as atividades-meio (segurança, limpeza, etc), mas também qualquer atividade-fim. Isso inclui o atendimento médico nas unidades de saúde e diversos outros serviços que, até então, eram realizados apenas por trabalhadores contratados.
Aliado e partidário de Temer, o prefeito Gean Loureiro (também do PMDB) corre contra o tempo para "pejotizar" funções por todo o serviço público ou repassar serviços públicos para a iniciativa privada.
No meio de novembro, o Sintrasem denunciou a privatização da gestão dos almoxarifados da prefeitura, que renderão um contrato de R$ 14 milhões de dinheiro público à empresa selecionada.Esta iniciativa, se não for derrotada, se estenderá para os demais setores da saúde e da PMF. Exigimos o fim das terceirizações e defendemos a abertura de concurso público em todas as áreas  e o chamamento dos aprovados. O Sintrasem defende o serviço 100% público!

O edital publicado pela prefeitura está disponível em: <http://www.pmf.sc.gov.br/arquivos/arquivos/pdf/27_11_2017_21.56.04.9be1d....

AGENDA

sexta-feira, Dezembro 8, 2017 - 13:30
Local: Auditório Rosa Luxemburgo - Sede do Sintrasem
Pauta: Regulamentações dos Plantões; Terceirização e encaminahmentos

terça-feira, Dezembro 5, 2017 - 13:30
Contra a Reforma da Previdência e a retirada de direitos

terça-feira, Dezembro 5, 2017 - 07:00
Local: Pátio do Limpú
Pauta: Informes; Reforma da Previdência e Greve Geral.

Acordo Coletivo PMF 2017

SINDICALIZE-SE!

Acordos coletivos de trabalho

PMF
COMCAP

Boletins Eletrônicos

Selecionar o(s) boletim(s) que você deseja assinar ou cancelar a assinatura.